>

Marcelo e Débora na Islândia

By Novembro 15, 2017Happy Global People

Sabem aqueles destinos pelos quais passamos e temos a certeza que vamos voltar? Aconteceu exatamente isso ao Marcelo e à Débora, na primeira vez que pisaram solo islandês. Um casal jovem que não diz não a uma nova aventura, decidiu arregaçar as mangas (vestir mais um sobretudo) e partir à descoberta… Numa etapa da vida que os próprios afirmam ser O MOMENTO para viver esta experiência no estrangeiro.

“Já tínhamos tido oportunidade de visitar o país enquanto turistas. O que mais gostámos foi o facto de ser um país com muita natureza, uma sociedade bastante autónoma e com recursos naturais sustentáveis.”

A beleza da Islândia salta à vista num silêncio ensurdecedor. Olhar para as auroras boreais ou para um lago de águas quentes é algo que só acontece na Islândia, mas nem só de paisagem vive este destino,“sendo um país com uma história tão diferente da nossa, com uma população tão reduzida relativamente a Portugal, com os índices de desemprego e de criminalidade praticamente nulos, deu-nos bastante força para escolhermos a Islândia.”

Quais as maiores diferenças entre as duas culturas (portuguesa e islandesa)?
Achamos que nós portugueses, somos mais dinâmicos e mais trabalhadores. Por outro lado, quase toda a população islandesa fala fluentemente inglês e são bastante acolhedores, ao contrário daquilo que esperávamos visto serem um povo nórdico.

Sair com tudo confirmado, com a ajuda da VidaEdu, foi importante?
Sim, pensamos que foi imprescindível a ajuda da VidaEdu, sem vocês não teríamos conseguido vir para o local onde estamos a trabalhar nas circunstâncias em que nos encontramos, contudo viemos com algumas dúvidas que apenas foram esclarecidas no local durante a reunião em Reiquejavique.

Como surgiu a ideia do Portúgalska?
Foi bastante mais fácil por a ideia em pratica quando aqui chegamos, uma vez que nos deparamos com paisagens diferentes, locais invulgares e experiências novas. Queremos que o blogue não seja apenas para família e amigos estarem a par da nossa vida por cá, mas serve também para divulgar e dar a conhecer um país que muitos pensam ser apenas vulcões, frio, neve e fogo.

Qual o dia que vos marcou? Qual a maior dificuldade?
Uma das tarefas do Marcelo, às vezes, é ter de ir a um lago perto do nosso hotel, colocar umas redes de pesca para no dia seguinte tirar os peixes que estão presos. Uma vez estava muito frio e não queríamos entrar na água, então levamos um barco a remos, o que aconteceu foi que passados 5 minutos já estávamos arrependidos, porque estava um vento muito forte, não conseguíamos remar, então pensamos que o melhor seria deixar-nos ir com o vento, e foi o que fizemos até chegarmos à outra margem do lago. Depois demoramos cerca de 1 hora e meia a pé até chegar ao local onde tínhamos entrado. Quanto à maior dificuldade pensamos que até agora ainda não tivemos nenhuma.

Além de trabalhar, conseguem viajar por algumas cidades? Quais?
Temos muita flexibilidade para juntar folgas, o que nos permite viajar um pouco pela Islândia. Já estivemos no Sul, e em grande parte do Norte, onde visitamos Akureyri e mais tarde um dos locais mais remotos da Islândia e do mundo, os “westfjords”.

Sentem que estão a mudar enquanto pessoas com esta aprendizagem?
Sentimos que estamos a obter uma ótima bagagem cultural que nos pode vir a ser bastante útil num futuro próximo.
Estamos a crescer enquanto pessoas e sabemos que os poucos meses de experiência que tivemos aqui, já superam os nossos últimos meses em Portugal, em termos profissionais.

Aprenderam islandês?
Aprendemos apenas o básico – Velkomin; Góðan dag or Góðan daginn; Góða nótt; Bless bless; Takk fyrir.

Acham que a experiência sozinhos teria sido diferente?
Sim, para além de um casal, somos muito amigos e somos um suporte um para o outro. Ajudamos-nos mutuamente. Sem a companhia um do outro haveria muito tempo em que nos iríamos sentir sós.

Esta experiência em quatro palavras:
AVENTURA. DESCONHECIDO. NATUREZA. CONHECIMENTO.

Em que é que a Débora é fundamental nesta experiência?
Pensamos que o facto da Débora saber falar italiano, espanhol e inglês bastante fluente ajuda na comunicação, com os hóspedes e futuros hóspedes. Através de reservas pela Internet ou pessoalmente.

Em que é que o Marcelo é fundamental nesta experiência?
Pensamos que o Marcelo tem grandes aptidões de serviço ao cliente. Ele é uma pessoa que tem uma ótima capacidade de comunicação e argumentação, que faz com que seja bastante útil nesta função. Tem um grande sentido de humor que é apreciado pelos clientes e, ao mesmo tempo, é bastante profissional.

As fotografias foram cedidas pelos participantes. Parabéns aos fotógrafos de serviço!

Marcelo e Débora
Experiência Profissional Remunerada na Islândia

PROGRAMA NA ISLÂNDIA

HAPPY GLOBAL PEOPLE

As experiências de quem já fez!

Cátia na Islândia

| Happy Global People | No Comments
“A decisão de ter embarcado nesta aventura foi a melhor que tomei no ano de 2017. A Islândia é um país simplesmente incrível, tudo é lindo para onde quer que...
VidaEdu viajar e trabalhar em hotéis na Islândia

Francisco na Islândia

| Happy Global People | No Comments
“Terminou a minha aventura na Islândia, que tinha começado em agosto do ano passado. Foi, portanto, 1 ano e 3 meses que passaram bem rápido e correu tudo muito bem. Na...

Ana na Islândia

| Happy Global People | No Comments
“Tudo começou em junho de 2017 quando desci do autocarro em frente ao hotel. Eu naquele momento pensei: isto está mesmo a acontecer… Esta vai ser a minha casa durante...

Carina na Islândia

| Happy Global People | No Comments
"Escrevo ainda desde a minha habitação na Islândia, nos últimos dias que me restam até voltar de novo a Portugal. Para ter conhecido e experienciado um país tão diferente como este, tive...

EVENTOS

Open Day em Lisboa

Vamos realizar sessões de informação, dia 18 de julho, sobre estágios internacionais, voluntariado, au pair e cursos de línguas no estrangeiro. Participe! Descubra quais os programas, os destinos e tudo... Ler Mais

VidaEdu em Coimbra

Vamos estar em Coimbra, dia 30 julho, para reuniões individuais sobre os nossos programas no estrangeiro. Temos vários horários disponíveis, inscreva-se no melhor para si. Participe! Descubra quais os programas,... Ler Mais

VidaEdu no Porto

Vamos estar na Cidade das Profissões dia 23 de julho, com reuniões individuais sobre Estágios, Au Pair, Voluntariado e Cursos de Línguas no estrangeiro. Temos vários horários disponíveis, inscreva-se no... Ler Mais

Sessão Especial em Lisboa

Vamos realizar uma sessão em Lisboa, dia 29 junho (sábado), sobre estágios profissionais e remunerados, au pair e voluntariado. Descubra quais os programas, os destinos e tudo o que precisa... Ler Mais