Rita na Noruega

By Setembro 25, 2020Happy Global People

“A minha experiência com a VidaEdu, e espero que não a última, foi na Noruega durante meio ano.
Eu tirei um Curso Profissional de Turismo e Hotelaria, terminei o curso com notas excelentes, tinha um bom contrato de trabalho, estava tudo super encaminhado mas, a verdade é que não estava contente com a vida que estava a levar, com as rotinas que estava a ter, então pus tudo de parte e parti à aventura.

Desde pequena que sempre fui habituada a viajar muito, o “bichinho” de experienciar sítios novos e coisas novas sempre foi muito fermentado, e sempre foi um objetivo viver fora de Portugal, ou pelo menos ter uma experiência no estrangeiro. Então achei que esta seria a altura ideal.

Estava a fazer scroll no Instagram quando vi um anúncio da VidaEdu. Naveguei imenso no site, tinha a cabeça inundada de ideias e então decidi marcar uma sessão de esclarecimento de dúvidas e, como é óbvio, a partir daí não descansei até ir embora. Nesse mesmo dia cheguei a casa, sentei-me a jantar com os meus pais e disse: “ok, vou viver para fora. Não sei para onde nem a fazer o quê, mas vou”.

Eu sempre fui a típica “menina dos papás”, super protegida e para eles foi um choque gigante aquela minha decisão, principalmente para o meu pai… Convenci-os a marcar logo uma reunião com a equipa da VidaEdu que recebeu-nos e, sem dúvida, foi o ponto fulcral durante o inicio do processo.

Com a minha pesquisa encontrei imensos programas que me agradavam, tinha em mente: Voluntariado no Continente Asiático ou o Programa de Experiências Profissionais Remunerados. A VidaEdu fez um trabalho excelente e, estudando o meu perfil e também as preocupações dos meus pais, indicou um destino que fosse “aceite” para todos. E foi assim que cheguei à conclusão que a Noruega seria um bom ponto de partida.

A Noruega é um país muito seguro, com uma taxa de criminalidade baixíssima, cidades e vilas com paisagens de tirar o sufoco. Parece mesmo que estamos dentro de um filme de Vikings. Eu estive numa zona chamada Sand I Suldal, localizada a 2 horas de barco de Stavanger, uma das principais cidades norueguesas e foi um ótimo “tiro no escuro”.

Estive em casa de uma família anfitriã, dona de um hotel. Tinha alimentação e alojamento completamente gratuitos e com a remuneração que recebia consegui viajar pela Noruega inteira e experienciar coisas fantásticas.

Enquanto povo, os noruegueses são muito tímidos, introvertidos e independentes. É a forma como são criados e isso, por vezes, é confundido com arrogância, mas é a maneira de eles se “protegerem”. Têm sempre muito receio de ser inconvenientes com o próximo. E isso é um fator que se sente bastante em zonas pequenas como Sand. A chave para contornarmos isso e conquistarmos a confiança necessária é, sem dúvida, irmos “open mind” e sermos nós próprios.

Eu fazia um pouco de tudo no hotel: empregada de mesa, ajudante de cozinha, organização de eventos, limpezas, reservas, check-in, check-out, e uma coisa muito interessante nos países nórdicos é que todos os membros da equipa fazem tudo. Não existe distinção/separação entre empregador-empregado, não existe títulos de Sr./Sra. ou tratamentos na segunda pessoa. Somos todos iguais.

Outra curiosidade, e que para mim foi uma choque cultural, é o facto de quando vamos, por exemplo, sair à noite ou jantar a casa de algum amigo, é super normal cada um levar a sua comida ou as suas bebidas. E se formos a ver faz todo o sentido, porque sendo um país em que a vida quotidiana é tão cara, mesmo eles tendo remunerações altas, fica muito mais fácil e acessível para todos juntarem-se e conviveram mais regularmente.

Eu sempre tive quem me fizesse as tarefas em casa. Portanto cheguei lá, e não sabia sequer lavar a minha roupa. No meu primeiro dia no hotel, pediram-me para cortar batatas. Pus-me a cortar e, para além de cortar as mãos todas, entupi os canos do lava-loiça da cozinha porque deixei as cascas caírem para o ralo. Mas a verdade é que desde o momento e que cheguei, sempre fui honesta e disse o que sabia ou não sabia fazer, portanto eles levaram a situação de uma forma completamente positiva, descontraída e engraçada.

Outra situação também muito interessante… nós íamos ter um grupo com atividades na piscina do hotel, não havia ninguém para limpar as paredes da piscina, eu pus mãos à obra, saltei para dentro da piscina e comecei a limpar. Isto tudo para dizer que eles presam muito o fator iniciativa e o sentir mesmo que vocês “lutam” diariamente para o bem-estar da família e para o crescimento do negócio. É algo que faz diferença. Já para não falar que todas as experiências, seja de que carater for, vão dar-vos sempre um sentido de “dever cumprido”, como também sentido de independência e evolução.

Eu trabalhava 35 horas por semana, e nisso tanto a VidaEdu como a equipa local na Noruega, estabelecem logo, tanto a nós participantes como a quem nos recebe, os deveres de cada um. Dão-vos uma assistência e apoio constante durante a experiência para saber como está a ser a gestão de todos esses parâmetros definidos ao inicio.

Fora do meu horário de trabalho, que eu geria sempre muito bem com a família de forma a conseguir aproveitar a experiência também como turista, tive a oportunidade de fazer milhares de viagens e conhecer imensas coisas.

Comecei a escalar montanhas com mais de 800 metros de altura e cada uma delas valeu a pena. A vista de lá de cima valia sempre o esforço. A minha primeira montanha foi em Hellandsnuten, a mais difícil da zona onde estava a viver e desde aí que nunca mais parei. A concentração que temos sobre onde pomos os pés para não cairmos é viciante. Onglanuten, Skarsnuten, Gullingen foram outras das muitas mais que escalei.

Fazia também tiro ao alvo e atividades aquáticas. O hotel localizava-se numa das margens do rio Suldalslaagen, portanto a pesca, expedições aquáticas e o safari para observar espécies aquáticas eram atividades muito características e super conhecidas do Mo Laksegard. Tornei-me uma dos guias dessas mesmas atividades.

Fiz amizades para a vida. Era um meio pequeno portanto toda gente sabia quem era a portuguesa que tinha chegado à pouco tempo. E que sensação tão boa essa. Os meus amigos em Sand e arredores são de todas as idades e feitios. Desde jovens da minha idade, casais que terão bebés muito em breve ou até o dono do hotel que tinha quase 80 anos. Cada um deles ensinou-me coisas completamente diferentes que me fizeram não ser a mesma pessoa quando cheguei. Tudo mudou para melhor. Muito melhor.

Toda esta experiência moldou-me para a vida. Tornei-me mais saudável em todos os aspetos. Aprendi a desenvencilhar-me sozinha e a gerir os meus próprios pensamentos e atitudes. Vou voltar. Muito muito em breve.

Se tu que leste o meu testemunho e estás a pensar ir para a Noruega ou para outro sítio… Aposta nisso! Confia na VidaEdu, em todo o processo e, principalmente, confia em ti!
Uma aventura como esta só pode trazer coisas boas, te garanto. Força!”

Rita Vassal
Experiência Profissional Remunerada, área de Hotelaria & Turismo, na Noruega.

PROGRAMA NA NORUEGA

HAPPY GLOBAL PEOPLE

As experiências de quem já fez!

Mariana na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"No início do ano de 2020 decidi partir numa nova aventura. Já estava habituada a viajar sozinha, mas achei que era altura de ir mais longe. Foi então que comecei...

Rita na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"A minha experiência com a VidaEdu, e espero que não a última, foi na Noruega durante meio ano. Eu tirei um Curso Profissional de Turismo e Hotelaria, terminei o curso...

Inês na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"A experiência que tive na Noruega foi a minha primeira grande aventura fora do país. Conheci a VidaEdu através de amigos que já tinham realizado programas semelhantes e decidi aventurar-me...
VidaEdu experiência profissional em hotelaria e turismo na Noruega

Francisco na Noruega

| Happy Global People | No Comments
“Há já muito tempo que ambicionava aventurar-me numa experiência além-fronteiras. Através de amigos descobri a existência deste tipo de programas por intermédio da VidaEdu e achei que era precisamente aquilo...

EVENTOS

Sessões Online

Vamos estar com sessões online, dia 27 de outubro, para apresentar os programas de Estágios Profissionais e Remunerados, Au Pair, Voluntariado, Cursos de Línguas no estrangeiro, Cursos e Estágios Internacionais... Ler Mais

Live Mariana na Noruega

Dia 5 de novembro, assista à Home Talk com a Mariana que está na Noruega e nos vai contar como é viver neste país fantástico. Não perca esta conversa às... Ler Mais

Reuniões por Marcação

Qual o próximo destino? O mundo está à sua espera! Inscrições abertas para todos os programas. Contacte-nos, marque uma reunião presencial ou online se precisa de ajuda ou esclarecer dúvidas... Ler Mais

VidaEdu no Porto

Vamos estar na Cidade das Profissões, dia 13 de novembro, com dois Workshops online sobre Cursos e Estágios Internacionais e Voluntariado Internacional.  Somos oradores convidados e aproveitamos para esclarecer todas... Ler Mais