Rita na Noruega

By Setembro 25, 2020Happy Global People

“A minha experiência com a VidaEdu, e espero que não a última, foi na Noruega durante meio ano.
Eu tirei um Curso Profissional de Turismo e Hotelaria, terminei o curso com notas excelentes, tinha um bom contrato de trabalho, estava tudo super encaminhado mas, a verdade é que não estava contente com a vida que estava a levar, com as rotinas que estava a ter, então pus tudo de parte e parti à aventura.

Desde pequena que sempre fui habituada a viajar muito, o “bichinho” de experienciar sítios novos e coisas novas sempre foi muito fermentado, e sempre foi um objetivo viver fora de Portugal, ou pelo menos ter uma experiência no estrangeiro. Então achei que esta seria a altura ideal.

Estava a fazer scroll no Instagram quando vi um anúncio da VidaEdu. Naveguei imenso no site, tinha a cabeça inundada de ideias e então decidi marcar uma sessão de esclarecimento de dúvidas e, como é óbvio, a partir daí não descansei até ir embora. Nesse mesmo dia cheguei a casa, sentei-me a jantar com os meus pais e disse: “ok, vou viver para fora. Não sei para onde nem a fazer o quê, mas vou”.

Eu sempre fui a típica “menina dos papás”, super protegida e para eles foi um choque gigante aquela minha decisão, principalmente para o meu pai… Convenci-os a marcar logo uma reunião com a equipa da VidaEdu que recebeu-nos e, sem dúvida, foi o ponto fulcral durante o inicio do processo.

Com a minha pesquisa encontrei imensos programas que me agradavam, tinha em mente: Voluntariado no Continente Asiático ou o Programa de Experiências Profissionais Remunerados. A VidaEdu fez um trabalho excelente e, estudando o meu perfil e também as preocupações dos meus pais, indicou um destino que fosse “aceite” para todos. E foi assim que cheguei à conclusão que a Noruega seria um bom ponto de partida.

A Noruega é um país muito seguro, com uma taxa de criminalidade baixíssima, cidades e vilas com paisagens de tirar o sufoco. Parece mesmo que estamos dentro de um filme de Vikings. Eu estive numa zona chamada Sand I Suldal, localizada a 2 horas de barco de Stavanger, uma das principais cidades norueguesas e foi um ótimo “tiro no escuro”.

Estive em casa de uma família anfitriã, dona de um hotel. Tinha alimentação e alojamento completamente gratuitos e com a remuneração que recebia consegui viajar pela Noruega inteira e experienciar coisas fantásticas.

Enquanto povo, os noruegueses são muito tímidos, introvertidos e independentes. É a forma como são criados e isso, por vezes, é confundido com arrogância, mas é a maneira de eles se “protegerem”. Têm sempre muito receio de ser inconvenientes com o próximo. E isso é um fator que se sente bastante em zonas pequenas como Sand. A chave para contornarmos isso e conquistarmos a confiança necessária é, sem dúvida, irmos “open mind” e sermos nós próprios.

Eu fazia um pouco de tudo no hotel: empregada de mesa, ajudante de cozinha, organização de eventos, limpezas, reservas, check-in, check-out, e uma coisa muito interessante nos países nórdicos é que todos os membros da equipa fazem tudo. Não existe distinção/separação entre empregador-empregado, não existe títulos de Sr./Sra. ou tratamentos na segunda pessoa. Somos todos iguais.

Outra curiosidade, e que para mim foi uma choque cultural, é o facto de quando vamos, por exemplo, sair à noite ou jantar a casa de algum amigo, é super normal cada um levar a sua comida ou as suas bebidas. E se formos a ver faz todo o sentido, porque sendo um país em que a vida quotidiana é tão cara, mesmo eles tendo remunerações altas, fica muito mais fácil e acessível para todos juntarem-se e conviveram mais regularmente.

Eu sempre tive quem me fizesse as tarefas em casa. Portanto cheguei lá, e não sabia sequer lavar a minha roupa. No meu primeiro dia no hotel, pediram-me para cortar batatas. Pus-me a cortar e, para além de cortar as mãos todas, entupi os canos do lava-loiça da cozinha porque deixei as cascas caírem para o ralo. Mas a verdade é que desde o momento e que cheguei, sempre fui honesta e disse o que sabia ou não sabia fazer, portanto eles levaram a situação de uma forma completamente positiva, descontraída e engraçada.

Outra situação também muito interessante… nós íamos ter um grupo com atividades na piscina do hotel, não havia ninguém para limpar as paredes da piscina, eu pus mãos à obra, saltei para dentro da piscina e comecei a limpar. Isto tudo para dizer que eles presam muito o fator iniciativa e o sentir mesmo que vocês “lutam” diariamente para o bem-estar da família e para o crescimento do negócio. É algo que faz diferença. Já para não falar que todas as experiências, seja de que carater for, vão dar-vos sempre um sentido de “dever cumprido”, como também sentido de independência e evolução.

Eu trabalhava 35 horas por semana, e nisso tanto a VidaEdu como a equipa local na Noruega, estabelecem logo, tanto a nós participantes como a quem nos recebe, os deveres de cada um. Dão-vos uma assistência e apoio constante durante a experiência para saber como está a ser a gestão de todos esses parâmetros definidos ao inicio.

Fora do meu horário de trabalho, que eu geria sempre muito bem com a família de forma a conseguir aproveitar a experiência também como turista, tive a oportunidade de fazer milhares de viagens e conhecer imensas coisas.

Comecei a escalar montanhas com mais de 800 metros de altura e cada uma delas valeu a pena. A vista de lá de cima valia sempre o esforço. A minha primeira montanha foi em Hellandsnuten, a mais difícil da zona onde estava a viver e desde aí que nunca mais parei. A concentração que temos sobre onde pomos os pés para não cairmos é viciante. Onglanuten, Skarsnuten, Gullingen foram outras das muitas mais que escalei.

Fazia também tiro ao alvo e atividades aquáticas. O hotel localizava-se numa das margens do rio Suldalslaagen, portanto a pesca, expedições aquáticas e o safari para observar espécies aquáticas eram atividades muito características e super conhecidas do Mo Laksegard. Tornei-me uma dos guias dessas mesmas atividades.

Fiz amizades para a vida. Era um meio pequeno portanto toda gente sabia quem era a portuguesa que tinha chegado à pouco tempo. E que sensação tão boa essa. Os meus amigos em Sand e arredores são de todas as idades e feitios. Desde jovens da minha idade, casais que terão bebés muito em breve ou até o dono do hotel que tinha quase 80 anos. Cada um deles ensinou-me coisas completamente diferentes que me fizeram não ser a mesma pessoa quando cheguei. Tudo mudou para melhor. Muito melhor.

Toda esta experiência moldou-me para a vida. Tornei-me mais saudável em todos os aspetos. Aprendi a desenvencilhar-me sozinha e a gerir os meus próprios pensamentos e atitudes. Vou voltar. Muito muito em breve.

Se tu que leste o meu testemunho e estás a pensar ir para a Noruega ou para outro sítio… Aposta nisso! Confia na VidaEdu, em todo o processo e, principalmente, confia em ti!
Uma aventura como esta só pode trazer coisas boas, te garanto. Força!”

Rita Vassal
Experiência Profissional Remunerada, área de Hotelaria & Turismo, na Noruega.

PROGRAMA NA NORUEGA

HAPPY GLOBAL PEOPLE

As experiências de quem já fez!

Mariana na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"No início do ano de 2020 decidi partir numa nova aventura. Já estava habituada a viajar sozinha, mas achei que era altura de ir mais longe. Foi então que comecei...

Rita na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"A minha experiência com a VidaEdu, e espero que não a última, foi na Noruega durante meio ano. Eu tirei um Curso Profissional de Turismo e Hotelaria, terminei o curso...

Inês na Noruega

| Happy Global People | No Comments
"A experiência que tive na Noruega foi a minha primeira grande aventura fora do país. Conheci a VidaEdu através de amigos que já tinham realizado programas semelhantes e decidi aventurar-me...
VidaEdu experiência profissional em hotelaria e turismo na Noruega

Francisco na Noruega

| Happy Global People | No Comments
“Há já muito tempo que ambicionava aventurar-me numa experiência além-fronteiras. Através de amigos descobri a existência deste tipo de programas por intermédio da VidaEdu e achei que era precisamente aquilo...

EVENTOS

Sessões Online

Vamos estar com sessões online, dia 2 de março, para apresentar os programas de Estágios Profissionais e Remunerados, Au Pair, Voluntariado, Cursos de Línguas no estrangeiro, Cursos e Estágios Internacionais... Ler Mais

Live Cursos de Línguas

Na quinta feira, às 18h30, assista à Home Talk sobre Cursos de Línguas no estrangeiro. Vamos falar sobre os cursos, com a equipa e com quem já fez, para nos contar... Ler Mais

Reuniões por Marcação

Qual o próximo destino? O mundo está à sua espera! Inscrições abertas para todos os programas. Contacte-nos, marque uma reunião presencial ou online se precisa de ajuda ou esclarecer dúvidas... Ler Mais

VidaEdu no Porto

Vamos estar na Cidade das Profissões, dias 12 e 24 de março, com dois Workshop online sobre Cursos e Estágios Internacionais e sobre os programas Au Pair.  Somos oradores convidados... Ler Mais